leci_brandao

A  sambista e também Deputada estadual Leci Brandão (PCdoB), que tenta a reeleição agora em 2014 para o mesmo cargo, já assumiu seu posicionamento contra a vida dos animais.

Mascarando o verdadeiro crime que acontece em algumas linhas de rituais religiosos, que utilizam-se do sacrifício de inocentes animais, entre eles cachorros, gatos, bodes, galinhas e coelhos, para adoração de seus deuses, Leci Brandão diz estar  atuando contra a ” intolerância religiosa às matrizes africanas”.

A referida deputada está combatendo publicamente e com lobby político o Pl 922/2011 elaborado pelo Deputado Feliciano Filho que ataca de forma contundente este cruel mercado da morte conforme abaixo:

leci brandão

Representantes de religiões de matrizes africanas do estado de SP se reuniram no dia 26/03, na Alesp, a convite da deputada Leci Brandão.

Pl 922/2011

Artigo 1º – Fica proibido a utilização e/ou sacrifício de animais em práticas de rituais religiosos no Estado de São Paulo.

Artigo 2º – O descumprimento do disposto na presente Lei ensejará ao infrator, a multa de 300 UFESP’s (Unidade Fiscal do Estado de São Paulo) por animal, dobrando o valor para cada reincidência.

Quem questionava Leci Brandão por e-mail sobre o caso em questão recebia esta mensagem da assessoria politica da deputada:

“Quanto ao projeto em questão ( PL 922/2011), primeiro, é preciso dizer que REPUDIAMOS totalmente tal proposta, que do nosso ponto de vista se caracteriza com uma dimensão do racismo institucional, e estamos com nossa equipe empenhada em buscar formas de barrar o andamento do mesmo, e contribuiremos no sentido de arregimentar esforços para fazer uma pressão política contraria a proposta, que alimenta a intolerância contra as religiões de matriz africana.

Lembrando que não se trata só de uma questão de direitos animais, mas também de normas fitossanitárias e saúde pública , práticas como esta colocam em risco a saúde da população, principalmente as que vivem próximas onde os sacrifícios ocorrem.

Também frisamos  que o movimento de defesa animal não questiona a origem, ou forma de nenhuma religião, apenas zelamos pela vida de nossos irmãos animais que são tratados como verdadeiros objetos  descartáveis pela espécie humana.  Para consultar  andamento do Projeto de Lei que proibi o uso de animais em rituais religiosos clique aqui.

Que deus aprovaria isso?

 

Religião ou assassinato?