joao doriaJoão Dória ( PSDB) prefeito  da cidade de São Paulo não demorou muito pra afirmar de que lado está. E o lado que o prefeito da maior cidade do Brasil escolheu é o lado do sofrimento e da exploração animal.

Paralelamente a suas aparições e divulgação do rodeio de barretos em 2017, até ao momento não consta em sua agenda de governo políticas públicas voltadas para a defesa animal no município. Lamentável.

De acordo com com o portal vegano vista-se, aproveitando as cerca de 35 mil pessoas que foram ao local assistir aos shows, o prefeito de São Paulo, João Doria, fez um discurso apaixonado de cima do palco.

Provável candidato do PSDB para a Presidência da República nas eleições de 2018, Doria rasgou elogios ao evento e lançou um desafio público aos organizadores: “Vou lançar aqui um desafio aos Independentes [nome do grupo que organiza o evento]: para nós fazermos uma festa igual em São Paulo muito em breve.” – disse Doria.

Em seu discurso, o prefeito desconsiderou que a prática de rodeios e atividades similares são atualmente proibidas por lei na capital de São Paulo. Acende-se uma luz vermelha de alerta para que todos fiquem de olho em possíveis novas leis que abordem o assunto na capital.

CCZ de São Paulo na mira de denúncias

Uma série de denúncias apontavam a CCZ de São Paulo como precária em alimentos para os animais, colocando em cheque o bem estar dos animais abrigados nas instalações da CCZ. A ativista Luisa Mell foi até o local averiguar a denúncia e foi impedida de entrar no estabelecimento. Nas duas ocasiões a ativista não poupou críticas (e com razão) ao prefeito de São Paulo

Dória postou em sua página pessoal no facebook seu apoio a crueldade animal.